quarta-feira, janeiro 17, 2018

Envio missionário da Ana Rita Gonçalves

O grupo Ondjoyetu, da Diocese de Leiria-Fátima, desenvolve uma ação missionária no Gungo (Sumbe-Angola). Tem uma presença fixa de um sacerdote da diocese e de leigos naquela região de Angola e ali permanecem com o propósito de ajudarem a melhorar as condições de vida do povo. Neste contexto, a jovem Ana Rita Gonçalves, natural de Monte Real, prepara a sua viagem para ir ajudar o próximo como missionária voluntária.

No dia 14 de Janeiro, na celebração dos 100 anos da restauração da Diocese de Leiria-Fátima, D. António Marto, Bispo da Diocese de Leiria-Fátima, na Sé de Leiria, presidiu a cerimónia de envio missionário de Ana Rita Gonçalves. Foi um momento marcante e muito significativo para a Diocese e para o grupo Ondjoyetu, também para toda a família e amigos da Ana Rita Gonçalves.

Ana Rita Gonçalves deixa uma mensagem que resume o seu sentimento neste momento tão especial da sua vida: "Foi com imensa alegria e gratidão que celebrei a missa de envio. Foi a consciencialização de que está perto a minha partida e, por esse motivo, senti-me de coração cheio. Agradeço imenso ao Padre Joaquim por ter proporcionado a integração do rito de envio nesta missa tão especial com o Senhor Bispo, a quem também estou muito grata. Obrigada também a todas as pessoas que me deram uma palavra de apoio, o que prova que estamos todos juntos na missão de amor de Jesus Cristo. Sorrisos valem mais do que palavras. Imensamente grata. Um abraço a todos." 

Texto: Joaquim Santos


segunda-feira, janeiro 15, 2018

Festa dos Reis e Convívio de grupo missionário Ondjoyetu 2018

No dia 7 de dezembro, o Grupo Missionário Ondjoyetu celebrou a festa da Epifania num amistoso convívio no Seminário de Leiria. Depois de um caloroso acolhimento, celebrámos a Eucaristia com o nosso Padre Joaquim Luis que, como sempre, é um grande e eloquente difusor da Palavra de Deus. A animação dos cânticos ficou sob a responsabilidade de um alegre conjunto de membros do grupo missionário.

Houve momentos muito altos da celebração e durante a Ação de Graças fizemos vários pedidos e propósitos espontâneos no sentido de deixarmos o Mundo melhor. Lembrámos também os nossos irmãos missionários, que estarão na Glória do Pai, continuando os seus gestos de amor e continuando a interceder por nós e a enviar-nos força e coragem para prosseguirmos sempre mais além.

A nossa família missionária esteve reunida em grande fraternidade e interligação com os irmãos do Sumbe. Houve partilhas de experiências de Missão muito interessantes, pois a linha da frente vai transmitindo tudo o que sucede no Gungo e de como se ultrapassam as dificuldades, sempre com o espírito de sacrifício e solidariedade, mas simultaneamente de alegria e com gestos de amor.



Partilhámos um belo ”repasto” e houve uma belíssima reportagem fotográfica. No final, houve uma surpresa na distribuição de prendas, cuja dinâmica consistia em completar provérbios. Foi divertida e com espírito de fraterna harmonia, tornando-se notória nas prendas oferecidas a habilidade manual de muitos elementos, inclusivamente a do nosso pequeno Vítor. Foi uma tarde e noite muito felizes, cheias de momentos marcantes, franca camaradagem e recordando sempre os irmãos do Gungo.


Obrigado! Sempre Juntos!
Amélia Moura

terça-feira, janeiro 09, 2018

Envio Missionário

Ana Rita Gonçalves
No próximo domingo, dia 14, terá lugar, na igreja catedral de Leiria, o rito de envio da Ana Rita Gonçalves, missionária Ondjoyetu que partirá brevemente para Angola para uma missão de 6 meses. O rito será integrado na missa que tem início às 16h30 e que encerrará a peregrinação da vigararia de Fátima à Sé de Leiria, no âmbito da celebração dos 100 anos da restauração da diocese de Leiria-Fátima.

Ana Rita Gonçalves tem 33 anos, é técnica de Higiene e Segurança no Trabalho, licenciada em Engenharia Alimentar, e reside na paróquia de Monte Real, Leiria. Citação favorita: É preciso atravessar desertos fora de si e achar um oásis no fundo da nossa alma.

Esta é mais uma oportunidade para reunirmos a família Ondjoyetu, os amigos e benfeitores do Grupo, e vivermos juntos a alegria do envio de mais uma trabalhadora para a messe. Estamos juntos.

quarta-feira, janeiro 03, 2018

Um caloroso Natal a 30 graus!!!

Olá família Ondjoyetu sabemos o quão estão ansiosos por novidades da vossa linha da frente. Estes dias foram especiais e marcaram para sempre os nossos corações, este foi um natal, de longe, diferente do nosso conceito habitual, não vimos o Pimentinha, nem os reclames da “popota”, o anúncio do azeite galo não cantou e nem o rasto do trenó do pai Natal ficou marcado no Gungo, coitado, também não tem chaminés por onde descer!     
         
Ficámos marcados pela genuinidade da data e pela forma autêntica como se celebra o nascimento do Salvador, a Donga encheu-se com as gargalhadas das crianças e as vozes dos papás e das mamãs que celebraram este dia connosco. A capela da Donga desempenhou mais uma vez a sua função hoteleira, tendo estado sobrelotada! As celebrações realizaram-se a céu aberto, o que também foi novidade para nós, o frio não se fez sentir, até pelo contrário, e que sensação única poder passar a missa do galo debaixo de um teto de estrelas resplandecentes. A noite de 24 foi animada pela dança ao som de tambores, que bem demonstrou a alegria das pessoas ali presentes.

                
     Os dias passaram rápido entre a azáfama das consultas, um encontro com os jovens e os afazeres que a data exige, nem houve tempo para muitas brincadeiras com as crianças, mas estas permaneceram sempre bem alegres, sem o stress de saber que prenda estaria no seu chinelo havaiana dia 25, felizes só por se terem uns aos outros para brincar. O dia 25 ficou marcado também pela celebração de 57 primeiras comunhões, o que tornou a data ainda mais significativa para aqueles que esperavam ansiosamente este momento.


Regressámos ao Sumbe dia 26 para festejar o aniversário do padre David, a surpresa foi bem preparada, ele quase que não desconfiou de nada até começar a receber os convidados da sua própria festa. Comemorámos os seus 42 anos juntamente com a comunidade das irmãs Guadalupanas e outros bons amigos da nossa missão. Para terminar as celebrações natalícias, no dia 27, marcámos presença o Natal Missionário, este ano realizado na Conda, na fazenda do Rio Uiri, uma espécie de quinta pedagógica, que nos permitiu um bom e fraterno convívio entre os vários missionários da diocese do Sumbe. Aproveitámos também esse dia para nos reabastecermos de água potável de modo a fazer render a deslocação ao máximo.

O último dia do ano foi passado junto da comunidade do Eval Guerra(Gungo) onde, de manhã, celebrámos a missa da sagrada família e, na parte da tarde, se realizou um encontro com as famílias daquela comunidade e arredores e se brincou com as crianças, á noite, já bem cansados, passámos o ano em família na nossa casa do Sumbe ao som dos gravadores e batucadas da vizinhança, alguns, que só pararam de tocar dois dias depois!

Esperamos que tenham passado um natal abençoado, cheios da graça do Menino Jesus e fazemos votos de um excelente 2018 para todos vós!
Abreijos!

Linha da frente



Convívio de Natal/Reis

David Cooke, Os Três Reis Magos, 2008

No próximo domingo, dia 7 de janeiro, realizar-se-á no seminário diocesano de Leiria o habitual convívio de Natal/Reis do Grupo Missionário Ondjoyetu.

O convívio começa com o acolhimento, às 17h00, e ensaio de cânticos, às 17h30, seguidos da celebração da Eucaristia, às 18h00, e depois o jantar partilhado e troca de prendas.

Um bom ano para todos!
Estamos juntos.

quinta-feira, dezembro 28, 2017

Twapandula tchiwa! Muito obrigado!

Saudações fraternas!
O Grupo Missionário Ondjoyetu vem, por este meio, manifestar a sua profunda gratidão pelo apoio de todos ao longo deste ano.

Agradecemos, de um modo particular, a ajuda, confiança e incentivo dados por todos vós ao longo da Campanha Um Jipe para a Missão, que se desenvolveu sob a forma de várias iniciativas e dinâmicas: Caminhada Sobre Rodas, Campanha crowdfunding, Concerto Solidário "No fim da picada há Missão", Sopas Missionárias, kit de autocolantes nas escolas e catequeses, mealheiros Ondjoyetu em vários espaços comerciais, oferta de donativos vários, entre outros. Graças a Deus e a todos vós, o objetivo foi plenamente atingido: os 34.000,00€ necessários para a aquisição do novo jipe. Com efeito, foram angariados no total 35.492,95€, sendo o extra conseguido aplicado futuramente também no âmbito do jipe, como por exemplo na sua manutenção e afins. Neste momento, o Grupo encontra-se a ultimar a candidatura à MIVA, organização cristã austríaca que apoia projetos em países em vias de desenvolvimento e por meio da qual adquiriremos o novo amigo do Cavalinho Branco.

O nosso muito obrigado dirigido também a todos aqueles que nos apoiaram doutras formas, como por exemplo na modalidade dos Mil & Tal Amigos, no jantar solidário em Santa Catarina das Caldas da Rainha e no almoço solidário nos Pinheiros - Marrazes, em donativos vários, na divulgação do Grupo junto das comunidades paroquiais, na aquisição do livro Walale, Gungo! Páginas de Missão, nas palavras de alento que nos enviam e, de um modo especial, pela oração, que nos ajuda a cumprir esta obra que Deus nos confia.

MUITO OBRIGADO pelo vosso apoio. MUITO OBRIGADO por acreditarem connosco.
É com gestos como os vossos que vamos contribuindo para que este mundo se torne um lugar mais justo e humano para se viver.
Um FELIZ 2018 para todos! Tukasi kumosi. Estamos juntos.

O Grupo Missionário Ondjoyetu



domingo, dezembro 17, 2017

1.ª Sessão de Formação FEC

Saudações missionárias!
O Grupo Ondjoyetu informa que a Fundação Fé e Cooperação (FEC) dará brevemente início ao Plano de Formação de Voluntariado Missionário deste ano pastoral, subordinado ao tema Onde quer que estejas, constrói! (Papa Francisco). 
A 1.ª Sessão de Formação realizar-se-á no fim-de-semana 13 e 14 de janeiro, em Mem Martins - Sintra, na Casa de Saúde do Telhal, e será orientada pelo Prof. Juan Ambrosio, da Universidade Católica Portuguesa.

Casa de Saúde do Telhal - Mem Martins - Sintra

As inscrições poderão ser feitas até às 12h00 do dia 5 de janeiro
Para esse efeito, preencha por favor o respectivo formulário  de inscrição, clicando aqui
Para algum esclarecimento ou apoio, poderá contactar o Grupo Ondjoyetu ou enviar um e-mail para catarina.antonio@fecongd.org (Catarina António - FEC).

Apresenta-se a seguir o programa detalhado:

Tema: Voluntariado Missionário e Espiritualidade
Local: Casa de Saúde do Telhal – Mem Martins (Sintra) 

Sábado – 13 de janeiro
09h30: Recepção dos Participantes
10h00: Início dos trabalhos: Laicado e Missão
11h30: Pausa
11h45: Laicado e Missão (cont.)
13h00: Almoço                  
14h30: Reinício dos trabalhos
17h00: Pausa
17h30: Testemunho Missionário
19h00: Pausa
19h30: Jantar
21h00: Convívio
    
Domingo – 14 de janeiro
08h15: Pequeno-almoço
09h00: A Espiritualidade Missionária
10h00: Eucaristia
11h30: A Espiritualidade Missionária (cont.)
13h30: Almoço                  

Formador convidado  
Prof. Juan Ambrosio – Professor da Universidade Católica de Lisboa 
Testemunho 
Raquel Carreira | Jovens Sem Fronteiras| Missão na Guiné-Bissau e em Cabo Verde
Equipa/Organização  
Catarina António | FEC | 936245545
Grupo Missão Mundo   

Inscrição na Formação FEC – 1 sessão = 10€; 5 sessões = 20€
Estadia pensão completa (1 dormida + refeições) = 12,50€
Só alojamento e pequeno-almoço = 6,00€
Preço/refeição (almoço ou jantar) = 3,00€  
(o almoço do primeiro dia - sábado, dia 13 - será partilhado, sendo todos convidados a contribuir com algo)

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Aproveitamos ainda para relembrar que se encontra a decorrer, até dia 6 de janeiro, a campanha Presentes Solidários 2017, da FEC, parceira do Grupo Missionário Ondjoyetu. Para participar, clique por favor na seguinte imagem: